Como entender o polimento técnico?

Deixe um Comentário

Entendendo o polimento técnico
Camadas de proteção usada na vitrificação de pintura após o polimento técnico.

Entender o polimento técnico em 3 etapas.

Para entender o polimento técnico queremos explicar 3 fundamentos básicos. De forma resumida vamos te mostrar qual é o objetivo de se fazer um polimento técnico automotivo. É evidente que as pessoas querem o seu carro o mais limpo e brilhante por mais tempo. Brasileiro ama carro, sendo assim, essa é uma das razões para polir o carro. Apesar disso o polimento deve ser bem entendido e bem aplicado por um profissional certificado. Sabendo disso, você não vai querer arriscar queimar a pintura do carro. Nem desgastar sem necessidade o verniz da tinta automotiva que vem de fábrica. Pode se tornar uma grande dor de cabeça para o proprietário de veículos ter que repintar o carro.

Chefia, vamos polir o carro?

Quando o carro vai recebendo muitas lavagens o risco de usar um produto errado e arranhar a pintura aumenta. Por melhor que sejam as lavagens, a longo prazo o carro vai perdendo um pouco de seu brilho. Enquanto isso, na sua rotina mensal, você tem lavagens programadas no lava-jato mais próximo da sua casa. Depois disso, um tempo passa e seu lavador percebe que seu carro já não é o mesmo de quando você tirou ele da concessionária. Conseqüentemente ele oferece um polimento comercial para o seu carro. Pela confiança do relacionamento, você aceita e fica feliz com o resultado. Ele poliu o carro bem e ficou com aspecto novo. Sem mais pensar nisso, você continua a mesma rotina de lavagens. Posteriormente, em período menor de tempo você vê seu carro precisando de mais um polimento e decide polir de novo para vender o carro e comprar outro zero km.

Como evitar o envelhecimento precoce da pintura automotiva?

Entender o polimento técnico pode te levar a um novo nível de cuidados com o carro. Desta mesma forma, o verniz automotivo deve ser protegido. Para esclarecer, a originalidade do carro depende da integridade do verniz, o mais importante é preservar o brilho e a cor original. Uma proteção especial além da própria pintura e verniz deve ser aplicada. Atualmente a tecnologia mais recente é a nanoproteção, mais conhecida como a vitrificação 9H. A vitrificação é a solução de proteção após o polimento. Em primeiro lugar, avalia-se o estado da pintura, faz-se o polimento e posteriormente, aplica-se o proteção. Em resumo são estes os 3 passos para aumentar vitaliciamente o aspecto encerrado do carro. Tendo o carro sempre limpo e com a sujeira longe dele.

1. Primeiro passo é a avaliação geral da pintura.

O polimento técnico bem realizado depende de um serie de variáveis, uma das mais importantes é o estado da pintura antes do polimento. Existem equipamentos para se fazer uma varredura completa da lataria e partes plásticas do carro, ou seja, as superfícies pintadas. O mapeamento de espessura de verniz é o conhecimento diferencial de qualquer especialista em polimento técnico. É este conhecimento que vai permitir a grande qualidade do serviço. Ele é a base de qualquer polimento bem feito, pois vai definir toda a estratégia da execução do serviço. A identificação de micro danos, riscos e imperfeições na pintura é o passo inicial desta avaliação.

Entender o polimento técnico e ter um negócio de estética automotiva
Entender o polimento técnico e ter um negócio de estética automotiva

2. Depois de entender o polimento técnico o segundo passo é fazer o polimento.

Aplicamos o polimento com a estratégia predefinida. Sempre atentos ao posicionamento da boina. Preferencialmente usamos produtos com baixa abrasividade. Mantemos o objetivo de uniformizar as superfícies levando em conta a espessura de verniz. E como resultado obtemos maior brilho, menos imperfeições, então, conseqüentemente conquistamos uma excelente qualidade no serviço. Acima de tudo sempre estamos atentos aos desejos do cliente. Da mesma forma esclarecemos as estratégias corretas. Para concluir, desvendamos qualquer mito ou objeção de procedimentos errados que a maioria dos populares não profissionais acreditam. Sempre deixando claro ao cliente a melhor trajetória de curto e longo prazo.

3. Terceiro passo é a proteção, a chamada vitrificação de pintura.

Com um sistema de luzes adequado nós fazemos a inspeção do polimento, além disso fazemos a limpeza após o polimento. Usamos álcool especial e argila aderente especial, mais conhecidos como álcool isopropilico e claybars respectivamente. Depois disso, outros processos de descontaminação e uma analise geral foi feita, assim temos toda a preparação para aplicar a nanoproteção 9H. Evitamos vitrificadores de má qualidade e selantes que não tem a mesma durabilidade de um bom vitrificador. Consequentemente o cliente aprecia muito o resultado fazendo indicações para parentes e amigos. Agora seu cliente também pode entender o polimento técnico.

Para concluir a história, vitrifique seu carro zero.

O melhor dos mundos é quando você tem um carro intacto, com a pintura perfeita e aplica o vitrificador. Isso realmente é um ato de inteligência quando se trata que proteger. Nós aplicamos a proteção antes que o carro tenha a chance de ser danificado. A dureza 9H é suficiente para proteger a pintura do intemperes. Proporcionamos uma proteção efetiva contra raios solares que podem queimar a pintura. Esta técnica é ideal para carros que ficarão expostos ao sol. Chuvas acidas, em um curto período, danificam o carro deixando marcas. Marcas que tiram o brilho do carro e só podem ser removidas com um novo polimento.

Garantia do vitrificador com e sem a manutenção.

Ao solicitar uma aplicação de vitrificador o quanto antes, o número de polimentos na vida útil do carro é comprovadamente menor. Em alguns casos onde a manutenção do vitrificador é regularmente aplicada a necessidade de polimento é inexistente, podendo ter uma garantia de brilho perpetua.

Já em casos onde o cliente não faz a manutenção de 6 em 6 meses haverá necessidade de um novo polimento, podendo ter um intervalo de 3 a 5 anos. Em produtos vitrificadores da linha premium 9H o mercado comprovadamente assume garantias de 5 anos conforme o histórico do veículo e condição geral da pintura. Por isso é importante entender o polimento técnico.

Autor do Artigo: Maxim
Há mais de 20 anos treinando pessoas para o mercado de trabalho.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

*

*

*